Category Archives: Dicas

  • -

4 coisas que vc precisa parar de fazer online

A lista a seguir traz comportamentos comuns e perigosos aos quais estamos expostos todos os dias e que devemos parar de fazer imediatamente.
1. Confiar em Wi-Fi aberto.
Redes de Wi-Fi de uma maneira geral representam riscos, começando com a confiança depositada nela. Por exemplo, criminosos podem criar um ponto de acesso Wi-Fi e nomeá-lo de maneira plausível como “Wi-Fi Cliente McDonalds” ou “Wi-Fi Visitantes”.
2. Facilitar as senhas.
Nomes de animais de estimação, aniversários, números de RG, CPF e coisas do gênero caracterizam as piores senhas possíveis. Você finalmente achou uma senha incrível. Ótimo, mas você precisará de mais senhas. Porque mesmo que diminua a chance de um hacker descobri-la, a chance de suas informações serem comprometidas ainda existe. E se uma única senha abre seu e-mail, conta de banco, Facebook… bem, você entendeu.
3. Clicar em links suspeitos.
Por curiosidade ou esperança de levar vantagem em algo, clicar num link desconhecido pode levar para um site clonado de um grande magazine, banco ou similar, que poderá instalar um spyware e roubar sua senha. Pare de clicar em links do tipo – curta e compartilhe para ganhar um iPhone! – Curta se você acha que é errado torturar animais! – na maioria das vezes você estará ajudando criminosos a validarem suas prática.
4. Avisar a Internet inteira que você não está em casa.
“Feriadão na Praia – inveja?”, “Partiu Rio Grande do Sul!”, “Alguém pode cuidar do Bob por dois dias?”, “Checkin em Aeroporto de Guarulhos?” e fotos com geolocalização que mostrem o local onde foram tiradas? Mantenha essa informação apenas entre os amigos confiáveis – especialmente em mídias sociais.


Evite PÓ…blemas de informática

Preste atenção no local onde você está usando o seu computador. Desktops jamais devem ser colocados diretamente no chão para que não acumulem pó, o maior responsável por defeitos de aquecimento e de mau contato nos slots de conexão.

A instalação deve ser feita em um ambiente com boa circulação de ar, ainda mais num pais tropical como o nosso. Um computador que aquece demais, além de constantes travamentos e desligamentos, terá sua vida útil encurtada por conter componentes sensíveis às altas temperaturas.

Já no caso dos notebooks, deve-se evitar colocá-los em cima de superfícies macias (tecidos e cobertores), pois isso impede a ventilação, que geralmente se inicia por uma grade de aspiração na parte de baixo do equipamento. Dito isso, usar o notebook diretamente na cama, sem um apoio específico, é um hábito que não deve ser cultivado.

Quanto aos componentes, o HD (Hard Disk) do computador e o ventilador (Cooler) são os que mais trabalham com desgaste mecânico, logo, são os mais suscetíveis a dar problemas. O HD é sensível a quedas e vibrações, e um simples impacto pode levar a perda irrecuperável de seus dados. O ventilador, em especial, por captar muito pó, pode ter seu desempenho comprometido por não conseguir movimentar a massa de ar suficiente para o resfriamento.

O resultado pode ser a troca do processador ou da placa mãe com defeito ocasionado por superaquecimento. O processador utiliza uma pasta térmica que o acopla ao dissipador de calor que deve ser trocada anualmente por um técnico de confiança, pois resseca com o tempo causando aumento de temperatura.


Formatação: Recurso Necessário

A formatação é um último recurso para solucionar os problemas dos computadores, caso nenhuma outra ação seja capaz de resolvê-lo. Exemplos como: vírus, travamento intermitente, sistema operacional corrompido ou lentidão.

Conforme os softwares são atualizados pelos seus fabricantes – na maioria dos casos uma nova atualização é agregada a uma antiga – os programas acabam se “inchando” e deixando “rastros” que os tornam mais lentos.

Essa lentidão é imperceptível no começo, porém, conforme mais e mais atualizações ocorrem, ela passa a ficar evidente. Essa queda de desempenho, mais cedo ou mais tarde, irá se apresentar mesmo em computadores modernos e com sistemas atuais.

A formatação é indicada para máquinas com até quatro anos, que ainda estão em plena condição de uso. Os computadores mais antigos têm dificuldade de suportar toda a carga de processamento exigida atualmente, e mesmo com a formatação a capacidade original do computador não será recuperada.

Formatar um computador implica em apagar totalmente o seu conteúdo, sendo necessário reinstalar seu sistema operacional do zero. Fotos e documentos são perdidos, então, ponto extremamente importante antes da formatação é a realização de um backup completo de seus dados e de um inventário dos softwares instalados e seriais.

A formatação de computadores é um processo possível de se realizar por conta própria. Entretanto, esse é um procedimento demorado e trabalhoso que pode apresentar problemas que um usuário sem conhecimento necessário, não será capaz de resolver.